Universidade do Minho  

             
 
  Autenticação
 
Mapa do Site
Contactos
FAQs
Email
   
  imprimir
 

O Serviço de Comunicações constituiu suporte a todo o conjunto de projectos da Universidade que envolveram as comunicações digitais. A Unidade desenvolveu a sua actividade orientada ao incremento da qualidade e capacidade de toda a infra-estrutura de rede de comunicações e serviços de rede, tanto de serviços básicos como avançados, da Universidade do Minho.

O Serviço de Comunicações foi a unidade responsável pela continuação do desenvolvimento da estrutura e serviços de rede, e também pela execução de um conjunto de projectos estratégicos na área das comunicações de dados, de que se destacam os projectos e-UM (Campus Virtual), TORGA.net (Trans pORtugal GAlicia network) e Opera Oberta.

No âmbito do projecto TORGA.net, implementou-se o servidor de salas Access Grid – Venue Server (o que possibilita a autonomia da Universidade do Minho em relação aos parceiros de Projecto na realização de videoconferências Access Grid) e realizaram-se nas duas salas 37 sessões (nomeadamente sessões de apresentação, reuniões de trabalho, jornadas, seminários, aulas), com Santiago de Compostela, Vigo, Ourense e Pontevedra em Espanha IST e FEUP em Portugal e Glasgow na Escócia. Destaca-se a realização do Mestrado em Computação Gráfica realizado através da tecnologia Access Grid.

No âmbito do projecto Opera Oberta foi transmitido em directo via Internet, usando as infra-estruturas de comunicações de dados de banda larga que se construiu no âmbito do projecto TORGA.net e que liga universidades e centros de investigação da Galiza e do Norte de Portugal, quatro óperas representadas no teatro catalão Liceu de Barcelona (DON GIOVANNI de Wolfgang Amadeus Mozart, DIE TOTE STADT de W. Korngold, OTELLO de Giuseppe Verdi, WOZZECK de Alban Berg ).

No âmbito do projecto e-UM Campus Virtual, continuaram a desenvolver-se durante 2006 os dois sub-projectos na área das comunicações de dados da responsabilidade do SCOM. Um deles envolveu reforços em comunicações wireless (vulgo Wireless Fidelity, ou Wi-Fi) em algumas zonas da Universidade do Minho. Foi ainda neste âmbito dado suporte a projectos do Campus Virtual sobre a responsabilidade de outras Unidades como é o caso dos novos serviços de Directoria e Correio Electrónico.

No que se refere à conectividade interna de rede, em adição à infra-estrutura de comunicações WAN existente que interliga a uma velocidade de transmissão de 768 Mbps Gualtar e Azurém, e a uma velocidade de transmissão de 256 Mbps Gualtar e o Largo do Paço através do serviço da PTPrime, Prime LANConnect, procedeu-se à contratualização de mais 4 circuitos de dados com velocidades de transmissão de 10 Mbps entre Gualtar e Escola Superior de Enfermagem (edifício junto ao Hospital S. Marcos), Edifício na Avenida Central (Instituto de Estudos da Criança), Edifício de Abade de Loureira (Unidade de Educação de Adultos) e a Residência Universitária dos Combatentes em Guimarães.

Ao nível das infra-estruturas planeada de comunicações em 2006, o Serviço de Comunicações procedeu, à instalação da infra-estrutura de comunicações de dados e voz do novo edifício da Escola de Engenharia e Instituto de Ciências Sociais no Campus de Gualtar. Adicionalmente procedeu-se à consulta para a infra-estrutura de dados e voz do novo edifício da Escola de Ciências da Educação no Campus de Gualtar.

No que respeita a infra-estruturas de comunicações de Voz, o Serviço de Comunicações substituiu as 7 centrais telefónicas da Universidade do Minho do fabricante Alcatel por um novo sistema de voz fornecido pela Siemens e com capacidades para disponibilizar serviços de Telefonia IP e VoIP (Voice Over IP). O serviço implementado, baseado em servidores de comunicações de Voz Hipath 4000 disponibiliza uma arquitectura distribuída sobre IP e um alto nível de redundância. Foram instalados aproximadamente 600 telefones IP e serão no futuro próximo instalados mais 1400. Adicionalmente foi instalado um novo sistema de contabilização telefónico que permite a recolha centralizada de todos os dados dos servidores de comunicações, via rede IP.
Em conjunto com este novo sistema de Voz foram reorganizados os acessos para as redes GSM com a colocação em funcionamento de uma Central Telefónica GSM para gerir as comunicações para os operadores móveis.

Relativamente aos serviços de comunicações de dados (básicos e avançados), o Serviço de Comunicações em 2005 procedeu à implementação dos novos serviços, de videoconferência IP/H.323, à implementação de um sistema servidor para as salas Access Grid (Venue Server) e à instalação da Autoridade de Registo UMinho certificada pelo LIP para a emissão de certificados digitais assinados aos utilizadores para uso nas infra-estruturas de computação GRID.

Ao nível do serviço de segurança das comunicações, o SCOM implementou uma plataforma de gestão/monitorização integrada de comunicações (segurança) baseada em ferramentas Open-Source.

Ao nível da gestão de rede o SCOM reformulou todas as plataformas de gestão e monitorização em utilização e adicionalmente implementou um serviço de monitorização e alertas via GSM que monitoriza diversos parâmetros dos equipamentos/serviços mais críticos para o normal funcionamento da rede de comunicações de dados da UM e dos serviços fornecidos pelo SCOM. Em caso de problemas são emitidos alertas por correio electrónico ou SMS para os administradores dos respectivos serviços que estejam com problemas.

Para o ano de 2007 prosseguir-se-á a politica de aumento das capacidades das ligações de rede e de melhoria da qualidade das Comunicações na Universidade do Minho.

Ao nível das infra-estruturas de comunicações, no ano de 2007 irão ser realizados investimentos tanto em novas implementações como também na actualização das infra-estruturas existentes. Ao nível da implementação de novas infra-estruturas planeadas de comunicações inserem-se a instalação da infra-estrutura de voz e dados dos novos edifícios da Escola de Ciências da Educação no Campus de Gualtar e a consulta e instalação da infra-estrutura de comunicações de dados e voz do novo edifício da Escola das Ciências da Saúde. No que se refere a actualização de infra-estrutura de comunicações está previsto a realização do upgrade aos equipamentos de core da Universidade do Minho de forma a suportarem comunicações IPv6.

Relativamente aos serviços de comunicações de voz, o Serviço de Comunicações em 2007, vai disponibilizar em colaboração com o GSI a contabilização telefónica de forma automática e acessível para os utilizadores via intranet da Universidade do Minho. Adicionalmente o SCOM vai participar no Grupo de Trabalho VoIP que tem como objectivo a criação e implementação de uma rede de Telefonia IP para as Instituições RCTS, para Interligação das comunicações de Voz entre as Universidades.

Ao nível dos serviços básicos e avançados de rede o Serviço de Comunicações em 2007 irá proceder à reorganização realizando uma nova distribuição/reestruturação dos serviços básicos de comunicações. A redistribuição dos serviços pelos diferentes servidores será acompanhada da actualização das aplicações utilizadas bem como a implementação de suporte para IPv6 nos serviços/servidores. Adicionalmente continuar-se-á a disponibilizar de forma generalizada na Universidade do Minho serviços de rede com tecnologias emergentes, nomeadamente o novo protocolo Internet IPv6, serviços multimédia e encaminhamento multicast.

Em relação ao Projecto Campus Virtual e-UM, o Serviço de Comunicações, em 2007, continuará a prestar o apoio necessário para a transição da autenticação dos utilizadores do Campus Virtual e-UM para o novo serviço de directoria (gerido pelo GSI) e a migração de todos os domínios de correio electrónico sobre a sua responsabilidade para o novo serviço de correio electrónico (gerido pelo SAPIA) e procederá ao aperfeiçoamento da sua infra-estrutura de comunicações wireless e VPN.


 
  © 2017 Universidade do Minho  - Termos Legais  - actualizado por SCOM Símbolo de Acessibilidade na Web D.