Universidade do Minho  

             
 
  Autenticação
 
Mapa do Site
Contactos
FAQs
Email
   
  imprimir
 
Proxy Socks 

Subscrição

O serviço de Proxy não carece de subscrição.

Para poder usar o serviço basta possuir:

  • Acesso à Internet (wired/wireless) a partir das redes da Universidade do Minho;
  • Possuir endereçamento IP de uso privado
    (exemplo: 192.168.x.x, 172.[16-31].x.x);
  • Um cliente devidamente configurado (como indicado na página de configurações).

  • Configurações

    Unix

    Para instalar o cliente de socks em ambientes Unix (ou Linux), deve seguir os seguintes passos:

    1. Fazer o download do software (dante-1.1.15.tar.gz);
    2. Coloque-se na directoria para onde o ficheiro foi copiado e executar: 
          gunzip dante-1.1.15.tar.gz | tar xvf -
    3. O resultado deste comando é a criação de uma directoria com o nome dante-1.1.15;
    4. Coloque-se nesta directoria e leia com atenção o ficheiro INSTALL.
      Se pretender prosseguir com a instalação por defeito, então deve fazer: 
          ./configure; 
          .make 
      e, se tudo correu bem 
          make install
    5. A instalação coloca os ficheiros executáveis em /usr/local/bin, as bibliotecas em /usr/local/lib. O ficheiro de configuração (socks.conf, para a versão cliente) deve ser criado em /etc;
    6. As aplicações que não permitem a configuração de um servidor SOCKS, devem ser invocadas da seguinte forma:
          /usr/local/bin/socksify nome_do_programa 
      Assim, as ligações efectuadas pelo programa serão reencaminhadas para o servidor de socks definido no ficheiro de configuração.


    Windows

    Em Windows, existem programas que já suportam SOCKS nas suas opções.
    Tanto o Microsoft Internet Explorer como o Firefox podem ser configurados directamente, assim como o mIRC (para IRC), o CRT (para Telnet), entre muitos outros.


    Se o programa que vai ser utilizado para acesso à Internet não suportar, nas suas opções, o SOCKS, basta instalar o utilitário SocksCap32 (sc32r240.exe


    A configuração sugerida é feita do seguinte modo, depois de instalado: 

    1. Correr o SocksCap que tem o ícone:

    2. Para configurar o SocksCap, seleccione 'File' > 'Settings':

    3. No separador ’Socks Settings’ preencha os seguintes campos:

    • 'Server':
      • 'SOCKS Server':    socks.uminho.pt;
      • 'Port':    1080.
    • 'Protocol':
      • Active a opção 'SOCKS Version 5';
      • Active a opção 'Attempt local then remote'.

    4. Sugere-se a configuração das redes às quais queremos aceder directamente, assim como as aplicações/bibliotecas:

    Para o caso de destinos da Universidade do Minho, sugerimos que seja adicionadas as seguintes 'Direct Addresses':

    • '.uminho.pt'
    • '192.168.'

    5. No separador 'Log' pode-se configurar se queremos registar, em ficheiro de texto, a actividade da aplicação:

    6. Para configurar as aplicações que necessitam acesso ao serviço de SOCKS, na janela principal deverá clicar no botão 'New' e efectuar 'Browse' à aplicação pretendida:

    7. De onde resulta o seguinte quadro:

    8. Para correr a aplicação configurada (neste exemplo, o Microsoft Outlook) basta carregar no botão 'Run'.

    9. Quando surgir o programa (neste exemplo, o Microsoft Outlook) poderá aceder a qualquer conta de correio acessível por POP ou IMAP, como se tivesse acesso directo.

    Se não desejar correr a aplicação SocksCap, poderá apenas fazer uma alteração no Shortcut da aplicação que deseja correr em SOCKS, alterando o "atalho do programa" para:

    • drive:\caminho_para_o_SocksCap\SC32.EXE "drive:\caminho_da_aplicacao\nome.EXE"

    É aconselhada a leitura do 'README.TXT' e do 'FAQ.TXT' que acompanham a instalação do programa SocksCap, assim como a consulta do help.


    Serviços com acesso ao exterior permitidos utilizando o socks.uminho.pt:

    PortaServiço

    22

    SSH (Secure Shell); SFTP

    23

    Telnet

    25

    SMTP

    110

    POP3

    119

    NNTP (News)

    143

    IMAP

    443

    HTTPS

    465

    SMTP com SSL (SMTP seguro)

    563

    NNTPS (News seguras)

    587

    SMTP submission

    993

    IMAPS (IMAP Seguro)

    995

    POP3S (POP3 Seguro)

    1723

    PPTP

    2401

    CVS - Concurrent Version System

    3389

    RDC Remote Desktop

    3690

    SVN - Subversion

    5190

    AIM – AOL Instant Messenger

    5222

    XMPP - Jabber

    5223

    XMPP - Jabber - Ligação Segura

    5900-5901

    VNC

    6667

    IRC

    8080

    Web Cache

    Não
    autorizado

    E-mule, Kazaa e aplicações similares peer-to-peer

    No caso da necessidade de abertura do acesso a outros serviços, pode ser solicitado para apreciação através do preenchimento de um formulário assinado pelo responsável do organismo.

    Depois de devidamente preenchido o formulário deverá enviado ao Serviço de Comunicações.


     
      © 2017 Universidade do Minho  - Termos Legais  - actualizado por SCOM Símbolo de Acessibilidade na Web D.